Páginas

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

5 MOTIVOS PARA QUERER VIAJAR – SANTIAGO

O Chile é o maior país Norte-Sul do mundo e fica espremido entre o Oceano Pacífico e a Cordilheira dos Andes, além de ser um dos dois países da América do Sul que não faz fronteira com o Brasil. Devido a sua forma incomum possuí climas totalmente diferenciados por seu território, desde o deserto mais seco do mundo ao norte do país, o Atacama (que merece, com certeza, uma visita e um post só pra ele! hahaha), passando por um clima mediterrâneo na parte central e mais ao sul um clima alpino, com geleiras e propenso a neve. Com certeza não faltam motivos para querem conhecer o país inteiro, ainda mais com toda essa diversidade de paisagens. Mas hoje o post é sobre Santiago!

A capital chilena é uma cidade grande, com muita riqueza cultural, uma mistura do antigo com o novo e lugares para visitar é o que não falta. Localizada em um vale bem na parte central do país, possuí uma vista para a Cordilheira dos Andes de arrancar o fôlego. Então, preparados para os 5 motivos?!
Santiago, Chile - Pablo Rogat
1 - Centro Histórico

O Centro Histórico fica no coração de Santiago e consegue combinar os prédios e monumentos históricos com as edificações mais atuais, é com certeza um lugar único e interessante para uma visita bemmm demorada, pois possuí muitos pontos turísticos pelo caminho.

Plaza de Armas 
Entre museus, monumentos, praças e parques a lista fica grande, mas alguns merecem ser destacados. Como a residência do Presidente, o Palácio de la Moeda, que permite visitas e se der sorte dá para presenciar a troca da guarda, que acontece em dias alternados às 10hs. O Cerro Santa Lucia (uma formação rochosa de 70 metros de altura) que é um parque público, com monumentos, mirantes e jardins, vale a pena subir e apreciar a vista, a entrada é gratuita. A Plaza de Armas também é parada obrigatória, além de ser considerada o “Marco Zero” de Santiago é rodeada pela Catedral de Santiago, o Museu Histórico Nacional e diversos prédios públicos importantes. E o Mercado Central, com certeza o passeio mais clássico de Santiago, a construção de ferro abriga uma variedade de peixes, frutos do mar, legumes, frutas, verduras, artesanato e restaurantes, além da tradicional centolla, o famoso caranguejo gigante.

Palácio de la Moeda 
Mercado Central 
Fora esses lugares existem muitos outros, então escolha aquele calçado confortável e se perca nas ruas do Centro Histórico de Santiago.

2 - Cordilheira dos Andes 

A Cordilheira se estende da Patagônia até a Venezuela, sendo em comprimento, a maior cadeia de montanhas do mundo, atravessando todo o continente da América do Sul. Caracteriza a paisagem do Chile e emoldura a cidade de Santiago.


De vários pontos turísticos ou até mesmo andando pelas ruas pode se deparar com a incrível visão das montanhas no horizonte da cidade. Durante o inverno as montanhas ficam cobertas de neve mantendo aquela paisagem branquinha, mas no verão a neve cede lugar à vegetação e somente os cumes mais altos mantém a neve. Enfim, em qualquer época do ano Santiago fica linda na moldura da Cordilheira dos Andes!

Santiago e a Cordilheira
E se você quer dar um pulinho para conhecer a Cordilheira de perto, existe 3 estações de esqui. Farellones, El Colorado e a mais famosa Valle Nevado. A viagem dura de 1 a 2 horas e a estrada é bastante sinuosa, o caminho pode ser feito com um carro alugado ou empresas de transfer especializadas. Cada uma das três estações oferecem opções de diversão diferentes, Farellone possui atividades para aqueles que não pretendem esquiar, El Colorado pode ser a opção para quem quer aprender a esquiar e possui um teleférico com uma vista incrível e Valle Nevado é mais indicado para quem quer mesmo esquiar e já teve contado com o esqui. Mas todas as opções valem a visita e neve não vai faltar!

Valle Nevado
3 - Parque Bicentenário

É um parque público localizado no bairro de Vitacura, em Santiago. Com muitas atrações o parque conta com dois lagos artificiais, longas trilhas para caminhar, muitas áreas gramadas perfeitas para piquenique, ciclovias, parque canino, um anfiteatro, playground infantil e um restaurante, Mestizo. 



O parque está abaixo do nível da rua, e por toda sua lateral existe uma passarela ao nível da rua que proporciona uma vista privilegiada para o parque e para a Cordilheira dos Andes (realmente a Cordilheira está em todas as paisagens!). Esculturas embelezam um dos três acessos d parque e um dos lagos possui um ecossistema dedicado aos cisnes de pescoço preto.


O mais incrível de todo o parque é a área especial para os cegos! O jardim dos sentidos é totalmente acessível e garante a inclusão, com atividades que incluem o som da água, canto dos pássaros, diferentes aromas, um xadrez gigante e materiais com diferentes texturas para despertar todos os sentidos.


Mesmo com a desvantagem de não possuir metrô perto, vale uma caminhada de 20 minutinhos para conhecer esse parque incrível!

4 - Cerro San Cristóbal

Virgen de la Imaculada Concepción
O Cerro San Cristóbal é uma visita imperdível em Santiago. O morro é um dos pontos mais altos da cidade e nele existe uma estátua e um santuário dedicado a Virgen de la Inmaculada Concepción, além de um zoológico. No cume está a estátua da virgem com 14 metros de altura que quase lembra o nosso Cristo (eu disse quase!), e dez mirantes de onde se tem uma ótima vista de boa parte da cidade e da Cordilheira dos Andes (lá está ela de novo!). 


A área do Cerro San Cristóbal pertence ao Parque Metropolitano de Santiago, o maior da cidade, que também contém piscinas, parque infantil, um centro cultural, jardim japonês e espaços para piqueniques.


Para subir o morro pode se ir a pé, de bicicleta, carro até certo ponto ou pelos funiculares. Os funiculares são carros com cabos que andam por trilhos, antes de chegar à estação mais alta ele para em uma intermediária, onde fica o zoológico. O funicular funciona nas segundas, das 13h às 20h, e de terça a domingo, das 10h às 21h, e os preços variam se você vai querem somente subir e descer até o topo ou acrescentar uma entrada no Zoo ao passeio. Já decidiu qual vai ser sua opção?!

5 - Vinhos

Todo brasileiro que visita o Chile volta com pelo menos uma garrafa de vinho na bagagem, sim ou com certeza?!?! Para comprar o “souvenir” você pode escolher uma loja especializada como La Vinoteca, El Mundo del Vino e a Wain, ou no free shop do aeroporto, e até mesmo nos supermercados. Vai depender do estilo de viajante que você é.


Mas a nossa sugestão e comprar seu vinho direto nas vinícolas e ainda aproveitar uma visitinha. A maioria das vinícolas chilenas oferecem tuors para os turistas, para conhecer as instalações e ainda rola degustações. Próximo a Santiago existe a famosa Concha y Toro, a mais ou menos uma hora e meia de viagem. O visitante pode conhecer a propriedade, visitar a casa do fundador Don Melchor Concha y Toro, pode apreciar os vinhedos que se perdem de vista, até a base da Cordilheira dos Andes (de novo! Hahaha), visitar as adegas e ainda tem a tão esperada degustação.

Concha y Toro
E ai? Já se animou para dar uma esticadinha até Santiago? Se a resposta for sim, fica esperto porque até da janelinha do avião da para curtir a Cordilheira!!!