Páginas

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

5 MOTIVOS PARA QUERER VIAJAR - LONDRES

Somos três amigas e temos uma paixão em comum: viajar! E por isso decidimos fazer esse Blog com o objetivo de ajudar e compartilhar pesquisas e experiências com todas as pessoas que possuem esse mesmo sentimento que nós temos. Tentaremos trazer sempre dicas, novidades e coisas super interessantes sobre todos os lugares e todas as culturas do mundo todo. Vamos conhecer o mundo galera, essa é a verdadeira riqueza da vida.
E pra começar, nada melhor do que falar de Londres né?! É um marco pra quem sonha em viajar pro exterior, uma das cidades mais lindas do mundo e que transpira cultura em cada esquina. E pra quem nunca foi, aqui vão cinco motivos pra querer viajar pra lá:


1 - RIO TAMISA

Quem vê o Rio Tâmisa hoje, com um monte de peixes e barcos indo de um lado pra outro cheio de turistas, nem imagina que ele um dia já foi considerado um rio biologicamente morto e apelidado de "O Grande Fedor". A poluição era tão grande que sessões do Parlamento Inglês chegaram a ser suspensas, pois ninguém aguentava mais o fedor.
FaradayFatherThames - John Leech

A partir daí começou o projeto de despoluição do rio. Hoje é um dos rios urbanos mais limpos do mundo, e o melhor, não fede em nada! O rio é o grande marco da cidade, com vários monumentos famosos em sua margem. Tem muitas atrações, como o London Aquarium, um dos aquários mais famosos do mundo. Com uma viagenzinha em um dos barcos turísticos de lá você já vai ter visto uma boa parte da cidade. Sério, como não querer ir pra um lugar onde a população conseguiu transformar um rio considerado morto em um dos rios de perímetro urbano mais limpos e com mais atrações no mundo?
Rio Tamisa
2 - Rock Inglês

Sex Pistols - Anarchy in the UK

O Rock Britânico é reconhecidamente nos dias de hoje um dos maiores movimentos musicais do mundo. Vai muito além da música: é a forma como os ingleses se comportam, pensam, se vestem, se divertem. Não tem como não pensar em Londres sem lembrar de grandes nomes do Rock e sem se imaginar pelo menos um dia sentado em um pub, tomando uma cerveja e ouvindo os grandes clássicos. Isso faz de Camdem Town e Denmark Street paradas obrigatórias. Apesar de os Beatles serem o nome mais reconhecido nessa area, o rock inglês se fez antes, com o skiffle de Lonnie Donegan, que só veio a fazer sucesso mesmo 2 anos depois com o Rock Islands Line. Do skiffle que nasceu o rock inglês, trazendo consigo grandes nomes: The Beatles, The Rolling Stones, The Smiths, Oasis, The Who, Led Zeppelin, The Sex Pistols, Queen, Pink Floyd e tantos outros que deixam impossível citar todo mundo. Então não se esqueça de montar sua playlist quando for visitar Londres e não deixe de visitar os famosos pubs pra viver a verdadeira vida londrina. Isso nos leva ao próximo item, que é...

3 - Pubs

Os pubs são a maior marca da cultura bohemia inglesa. Abreviação de Public Houses, os pubs nasceram na época da invasão do Império Romano, quando as pessoas se reuniam e tavernas para beber cerveja. Com o fim da invasão, as pessoas passaram a se reunir na casa de algumas mulheres que vendiam e produziam suas próprias cervejas, e isso se perpetuou e aprimorou ao longo dos tempos. Até hoje alguns pubs produzem sua própria cerveja, mas a maioria trabalha associado a produtores de cerveja. Geralmente eles funcionam até as 23:00, 24:00 no máximo. A venda de bebida alcoolica é feita só para os maiores de 18, mas os jovens de 16 anos podem consumir uma cerveja se estiverem acompanhados de um adulto. As bebidas, assim que pegas no balcão (não há atendimento às mesas) devem ser pagas, e ai sim serem consumidas.
The Red Lion Pub
O pub mais antigo é o Ye Olde Fighting Cocks. Existem outros pubs famosos como o Salisbury, Red Lion (existem vários desse), Princess Louise, the Spaniards Inn e infinitos outros. A melhor dica que se pode dar pra quem quer sair do óbvio e ir a um lugar diferente e fora do tradicional é: pergunte a um habitante local. Portanto, se você quer fugir desses lugares óbveis, peça a ajuda de um londrino e tenho certeza que eles ficaram super felizes em ajudar. 

4 - Parques

Londres, assim como o restante da Europa, é extremamente adepta da cultura do parque para o lazer. Em Londres existem diversos parques, mas os mais famosos são os chamados Parques Reais. Eles tem esse nome porque antigamente pertenciam a monarquia inglesa. Seu acesso ao público nessa época era proibido, sendo que somente a família real poderia usá-los como fonte de recreação e lazer. Porém, com o crescimento da cidade, aos poucos a entrada a esses parques foi sendo liberada pra população em geral e hoje seus acessos são totalmente livres.

St. James's Park

Hoje os parques são uma das maiores paixões de Londres e não é atoa que são muito bem cuidados. Ao todo são oito parques reais: o Bushy Park, o Green Park (bem próximo ao Palácio de Buckingham) , o Greenwick Park, o Kensington Gardens (junto ao Hyde Park) , o Hyde Park (o maior de todos, onde se encontra o memorial da Princesa Diana), Regent's Park,o Richmond Park e o St. James's Park (próximo ao Palácio de Buckingham e o nosso favorito). Fora desse grupo dos Parques Reais, temos o Hampstead Heath, que é possível se ver do alto de uma colina em uma visão panoramica lindíssima, entre muitos outros pequenos e grandes parques e jardins que dão um charme super especial pra cidade. Então prepare seu piquenique, ou vá simplesmente pra sentar na grama, andar de bicicleta ou praticar outros esportes que são oferecidos por esses parques.

5 - Meios de transporte

O transporte público de Londres é incrível! Tudo funciona de uma forma tão bem organizada que é possível você ir pra qualquer lugar sem precisar pegar táxi (que normalmente são bem caros), só usando o sistema ônibus – metrô. E o mais legal é que você encontra mapas e plaquinhas em todos os lugares, então é praticamente impossível se perder lá, desde que você aprenda a ler direitinho o mapa.

Mapa do Metrô de Londres

Existe uma facilidade chamada Oyster Card, que é um cartão válido para toda a rede de transporte público que traz uma grande economia de tempo e dinheiro, já que as tarifas chegam a ficar 55% mais baratos e se evitam as filas gigantescas pra compra do ticket. É super válido para turistas, já que ao final da viagem, se o tipo de Oyster que você tiver adquirido for o cartão para mais de um dia, quando você devolve o cartão na bilheteria eles te reembolsam o dinheiro não gasto que ficou no cartão. O metrô é ótimo, uma das maiores redes de todo mundo, mas não deixem de andar naquele ônibus vermelho de dois andares, um dos maiores símbolos de Londres, pelo menos uma vez, senão a viagem estará perdida.


Existem ainda outros milhões de motivos para se ir pra Londres, mas isso é assunto pra outros posts. Agora falando sério, diz se não dá uma vontade louca de ir pra lá.. Keep Calm and Vamos pra Londres?! Pelo menos é o que nós queremos, afinal, nós queremos viajar!